Na boa maré do rap, Haikaiss rema sem esquecer do passado

Conheça mais sobre o grupo da zona norte de São Paulo que gravou recentemente um álbum de inéditas: Incógnito Orchestra

Haikaiss: DJ Qualy, SPVIC e Spinardi

Ao invés das bases pesadas que se tornaram inerentes ao rap nacional por muito tempo, o Haikaiss prefere adotar rimas que mais parecem um sussurro diante do peso de outrora. O grupo se encaixa justamente no conceito de rap moderno: letras menos agressivas, mas não menos reflexivas; batidas mais ambientadas e suavizadas, mas não menos dançantes.

O Haikaiss organizou uma espécie de compilação de sete faixas para divulgar seu trabalho na rua

Direto da Zona Norte de São Paulo, os integrantes SPVIC, Spinardi e DJ Qualy também fazem uma ponte de todos os elementos modernos do ritmo com o rap noventista. Em “Camaleão”, por exemplo, vemos um pouco dos scratches que lembram DJ Negro Rico, do RZO, com samplers de Sabotage e colagens de falas de cinema.

Já a letra de “Canto da Estação” sugere a inovação: “nova forma de pensar, nova forma de agir, novo segmento, outra opção a se seguir”. A base soturna enfatiza a mensagem de mudança que paira no ar. Ela foi produzida pelo DJ Caíque, fundador da 360Graus Records que já trabalhou com nomes como Rashid e Creative Juices Crew, de Nova York.

Conheci o grupo quando fui conferir a apresentação do John Legend & the Roots no Urban Music Festival. Eles estavam comercializando uma pequena compilação, Couvert, com algumas faixas da mixtape Fotografia de Um Instante e do disco Incógnito Orchestra, embaladas em um papel por um preço bem acessível. Para fazer o download da mix, clique aqui (upado pelo parceiro Rodrigo Vanni).

Pelo que conferi depois, a seleção foi muito bem feita e serve como porta de entradas para se aventurar no mais recente álbum do grupo, Incógnito Orchestra, lançado neste ano pela Ésseponto.Records. Para acompanhar as novidades do grupo, visite o blog oficial do Haikaiss.

Confira algumas faixas do Haikaiss abaixo:

“O Escolhido”

“Estragando Plantas”

Artistas Haikaiss

Share this post

Tiago Ferreira

Jornalista bem-humorado. Gosto mesmo é de música torta, amalucada, fora de contexto e ritmo, mas também me emociono com Aretha, Ella, Elis, Nina, Otis, Marley, Bowie, Miles... Nada de acomodar-se ao conforto; prefiro combater o desconforto e provocar a discussão do que me conformar com as intempéries mundanas. Além do site Na Mira do Groove, estou à frente, junto com a sócia Beatriz Silva, do serviço Na Mira Assessoria, destinado a novos artistas e bandas musicais.

Poste um novo comentário