Vídeo: Por que tantas misturas musicais em um single só?

Uma explicação para o motivo de tantos gêneros musicais em hits como “Sua Cara” (Major Lazer) e “Feels” (Calvin Harris)

Peguemos o hit mais recente do ano: “Sua Cara”, de Major Lazer com as participações de Anitta e Pabllo Vittar. Em uma música com menos de 3 minutos tem-se eletrônica, o brega paraense e a música pop brasileira.

Outro exemplo recente de mistura na música pop é “Feels”. Além da eletrônica de Calvin Harris, há o pop de Katy Perry, o R&B de Pharrell e o rap de Big Sean.

Antigamente, misturas de gêneros musicais tinham um nome: crossovers. Com a demanda cada vez maior da indústria musical pela junção de todos esses elementos, o termo foi deixando de ser utilizado. Afinal, tudo é pop mesmo, não é?

Mas, por que a necessidade dessas misturas? Por que tantos elementos em uma música só? Foi com essas perguntas na cabeça que gravamos o vídeo desta semana no canal do YouTube do Na Mira. Confira:

Também subimos uma playlist no nosso perfil do Spotify sobre o assunto:

Inscreva-se em nosso canal do YouTube e siga o Na Mira pelo Spotify para acompanhar mais novidades. Toda terça tem vídeo novo.

Share this post

Tiago Ferreira

Editor do Na Mira desde 2010 - que, além de site, também é canal do YouTube e Embaixador Spotify. Já trabalhei como redator de comunicação interna, produtor de conteúdo da B2W (Americanas, Submarino e afins) e repórter de entretenimento, ciência e tecnologia no Vix.com. Também sou colaborador eventual da Revista da Cultura (da Livraria Cultura).

Sem Comentário

Adicione um comentário