Caetano Veloso foi impedido pela Justiça de tocar em acampamento sem-teto

Vídeo: Caetano censurado? A música de protesto no Brasil

Saiba como essas canções se transformaram com o passar dos anos; confira playlist especial

Recentemente, Caetano Veloso foi impedido de tocar em um acampamento sem-teto, em São Paulo. Além disso, a música dos Racionais “Mil Faces de Um Homem Leal”, inspirada no guerrilheiro Carlos Marighella, assassinado por militares da ditadura, entrou para os serviços de streaming.

Tanto Caetano quanto o grupo paulista de rap representam polos distintos da música de protesto brasileira. Em tempos de censura a manifestações artísticas e uma polarização frenética, as músicas de protesto podem gerar novas reflexões aos indivíduos e à sociedade como um todo.

O Brasil passou por diversas conturbações políticas e sociais. Por isso, fizemos um guia básico para nortear as características da música de protesto por aqui: desde o samba de morro, que só por existir já é uma contravenção ao status quo, passando pelos anos 1960 (de nomes como Carlos Lyra, Geraldo Vandré etc), o rock nacional, o rap, até os dias de hoje, com Karina Buhr e MC Carol. Confira:

Há muitos exemplos do que podemos considerar música de protesto. Por isso, subimos uma playlist no nosso perfil do Spotify com várias delas:

Todas as terças subimos vídeo novo no nosso canal do YouTube. Inscreva-se para acompanhar.

Share this post

Tiago Ferreira

Editor do Na Mira desde 2010 - que, além de site, também é canal do YouTube e Embaixador Spotify. Já trabalhei como redator de comunicação interna, produtor de conteúdo da B2W (Americanas, Submarino e afins) e repórter de entretenimento, ciência e tecnologia no Vix.com. Também sou colaborador eventual da Revista da Cultura (da Livraria Cultura).


Mais artigos para você:


Sem Comentário

Adicione um comentário