Harmony of Difference: Kamasi Washington compacta, mas não perde a aura

EP que sucede The Epic (2015) marca a transição para uma nova fase do saxofonista

Quando lançou o single “Truth”, há alguns meses, o saxofonista Kamasi Washington não apenas anunciou que mudou da gravadora Brainfeeder (de Flying Lotus) para a Young Turks. Mostrou, também, que seu estilo de jazz espiritual estava pronto para uma nova empreitada após o aclamado The Epic (2015).

A prova dos nove finalmente surgiu. Ele acaba de lançar o EP Harmony of Difference, que, com a complexidade dos seus 6 temas, poderia muito bem ser comercializado como álbum.

O trabalho foi lançado junto a um projeto audiovisual do diretor A.G. Rojas, com a arte da capa assinada por Amani Washington, irmã do jazzista.

Octeto poderoso

O bom de Harmony of Difference é que serve de porta de entradas para quem não conhece o trabalho de Kamasi.

Muitas das ideias de Epic estão encapsuladas no EP. A primeira faixa, “Desire”, ambienta bem os neófitos em um tipo de meio-termo entre fusion e cool-jazz – com bela passagem no piano de Cameron Graves.

O sax-tenor de Kamasi chega com mais força em “Humility”, bradando personalidade logo de cara. Os efeitos do baixo de Miles Mosley dão um sentido de velocidade, intensificado novamente por Graves e extrapolado pelo trompete de Dontae Winslow – a única novidade na parceria do músico.

Além de Graves e Mosley, Kamasi conta novamente com o trombonista Ryan Porter, o tecladista Brandon Coleman e o baterista Ronald Bruner Jr.

Claro que não daria para repetir a parceria com os mais de 30 músicos que participaram das sessões de Epic, por isso mesmo Harmony of Difference surge como a maturação de um grupo mais compacto.

E como é algo compacto para um músico que adora preencher os espaços com som da melhor qualidade? Com um octeto.

Será que as demandas devem implicar a este californiano de 36 anos uma redução ainda maior em seu grupo? Se isso significar a diluição de seu pathos musical que traz a espiritualidade à aura artística, com ritmos e solos que ultrapassam barreiras temporais (vide “Perspective”)… Bom, esperamos que Kamasi continue sempre bem acompanhado. Aliás, muito bem acompanhado, uma vez que muitos desses músicos também se provaram virtuosos líderes de seus próprios projetos.

Segundo o saxofonista, o novo álbum será lançado já em 2018.

Ouça o EP Harmony of Difference a seguir:

Share this post

Tiago Ferreira

Editor do Na Mira desde 2010 - que, além de site, também é canal do YouTube e Embaixador Spotify. Já trabalhei como redator de comunicação interna, produtor de conteúdo da B2W (Americanas, Submarino e afins) e repórter de entretenimento, ciência e tecnologia no Vix.com. Também sou colaborador eventual da Revista da Cultura (da Livraria Cultura).

Sem Comentário

Adicione um comentário