llOVNI: Pós-punk e rock do submundo; ouça e baixe ‘a vida eh breve’

Shoegaze e krautock entram na lista de influências no disco de estreia do duo

Pense em The Jesus and Mary Chain, pense em Violeta de Outono e suas letras enigmáticas. Pense nas guitarras sob clima soturno e vocais isolacionistas. O llOVNi habita essa atmosfera, a do pós-punk triste, arrastado, denso, muito denso.

Formado pelo duo Rica Guimarães (voz, guitarra, softwares) e Diogo Silva (baixo, backing, teclas), o grupo divulgou em agosto deste ano seu primeiro álbum, a vida eh breve, que sucede o EP Cinema Americano, do longínquo 2009.

O pós-punk é o grande norte do disco, mas a força das guitarras do shoegaze e o clima caótico das programações características do krautrock dão a a vida eh breve uma massa sônica impactante, sentida nos experimentos de “Surfista Cromado”, um dos takes mais ousados do álbum.

Crônicas típicas de um observador solitário dão peso à “Pobre Rapaz”, enquanto as guitarras esfumaçadas acendem a paixão a dois em “Doce Vida”.

As letras em português e o tráfego pelos subgêneros do poço do rock fazem do llOVNi um dos expoentes mais intrigantes do rock nacional. Apesar de uma faixa como “Vende-se” ter frases como ‘la laiá‘ e o título do disco ser reflexo de mensagens rápidas de texto por aplicativos de celular, a vida eh breve não é nada vendável.

Soa glorioso aos ouvidos afeiçoados a Jesus & Mary Chain, Ride e My Bloody Valentine. E uma ótima rota de aventura para quem procura bons motivos para ovacionar a produção nacional roqueira dos tempos de hoje.

Para fazer o download gratuito do disco, visite o BandCamp do grupo. Há um encarte todo especial para acompanhar as letras.

A seguir ouça a vida eh breve, do llOVNi, na íntegra

Artistas llOVNi

Share this post

Tiago Ferreira

Editor do Na Mira desde 2010 - que, além de site, também é canal do YouTube e Embaixador Spotify. Já trabalhei como redator de comunicação interna, produtor de conteúdo da B2W (Americanas, Submarino e afins) e repórter de entretenimento, ciência e tecnologia no Vix.com. Também sou colaborador eventual da Revista da Cultura (da Livraria Cultura).


Mais artigos para você:


Sem Comentário

Adicione um comentário